Arquivo | Inglaterra RSS feed for this section

York, Inglaterra

23 dez

York - Clifford’s Tower

York é uma cidade do norte da Inglaterra, situada na confluência dos rios Ouse e Foss, no condado de North Yorkshire. Trata-se de uma das mais antigas cidades inglesas, tendo sido fundada em 71 d.C. pelos romanos. Tornou-se a capital principal do Império Romano sob o comando de Septimus Severus em 190 da era comum, mas deixou o título em 192. York poderia ser um cenário de conto de fadas. A cidade é cheia de torres imponentes de igrejas, castelos e obras de arte arquitetônicas. E também uma das poucas cidades muradas da Grã Bretanha. Não tenha medo de se perder por sua teia de estreitas ruelas medievais e em suas ruínas normandas. Não deixe também de entrar em um dos seus pubs de 400 anos. Pegue um cruzeiro de uma hora no YorkBoat, que sai quatro vezes por dia, da primavera ao outono.

Pontos de interesse

Galeria de Arte Cidade de York: A pequena coleção municipal cobre 600 anos de história (embora algumas épocas sejam tratadas muito rapidamente) e a exposição é um pouco pesada demais nas obras inglesas do século 19. Vale a pena, entretanto, pela grande quantidade de trabalhos do artista natural de York, William Etty, e por suas criativas exposições temporárias.

York Minster: Esta é a maior igreja gótica ao norte dos Alpes, e só o tamanho do prédio cor de mel já dá uma idéia da sua importância para a Igreja na Inglaterra Medieval. O prédio começou a ser construído nos anos 1220 pelo arcebispo Walter de Grey e demorou 250 anos para ficar pronto. A janela leste da catedral (Great East Window, 1405-08) tem o maior conjunto de vitrais medievais do mundo.

Clifford’s Tower: Um dos marcos mais famosos de York, a imensa torre fica em um morro, erguida por William, o Conquistador, para que conseguisse ficar de olho nos cidadãos encrenqueiros. A torre normanda foi destruída pelos habitantes locais em 1109, quando os judeus da cidade abrigaram-se ali. Em vez de se entregarem, cometeram suicídio. A atual estrutura é de 1245.

Castelo Howard: Esse castelo maravilhoso, construído em um grande jardim, foi projetado por Nicholas Hawksmoor, também responsável pelo Palácio de Blenheim. O prédio barroco é uma obra de arte arquitetônica – não é de se estranhar que tenha sido escolhido como cenário do filme Memórias de Brideshead.

Quando visitar?

A melhor época para visitar York é de abril a setembro, quando a temperatura sobe, chegando a 22°C em média. Entre novembro e fevereiro, o inverno derruba os termômetros para aproximadamente 4°C.

Informações úteis

  • Moeda: Libra esterlina
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: +0 (UTC)
  • Visto: Se você pretende ir para o Reino Unido para uma visita de curta duração (até seis meses), você geralmente não precisa de visto. No entanto,  você deve levar documentos com você para mostrar para os oficiais de imigração na fronteira do Reino Unido.
  • Clima: York tem um clima temperado, com quatro estações distintas. A temperatura média anual é de 10°C.
  • Maiores informações: http://www.visityork.org/ (em inglês)

Oxford, Inglaterra

10 set

Oxford - Christ Church College

Oxford é uma cidade e distrito de governo local do condado de Oxfordshire, Inglaterra, Reino Unido. Está situada às margens do rio Tâmisa. Oxford, a cidade dos “Dreaming Spires”, é famosa mundialmente pela sua universidade (Universidade de Oxford) e lugar na história. A universidade de Oxford é a mais antiga das universidades de língua inglesa, e é considerada uma das 10 melhores universidades do mundo. Atualmente, Oxford está conectada ao espírito cosmopolita, misturando o que há de mais moderno com a tradição medieval. O lugar é, na essência, uma mistura de interior com as qualidades de uma cidade grande, sendo agradável tanto para os estudos quanto para diversão.

Pontos de interesse

Christ Church College: A catedral desta faculdade e o salão de jantar que aparece no filme Harry Potter por sí só já valem a visita. No entanto, se você aprecia arquitetura gótica, pode aproveitar para passear em volta do prédio e pelos campos verdes que o cercam.

Botanical Gardens: Apesar de compacto, o Jardim Botânico de Oxford é lindíssimo. Com várias estufas, jardins e o belo canal que passa ao seu lado, o Jardim Botânico oferece um oásis de tranquilidade no meio da cidade e é perfeito para relaxar e até fazer um piquenique.

Bodleian Library: A biblioteca da Universidade de Oxford é um prédio espetacular bem no coração da cidade, em estilo gótico inglês. Lá dentro fica a Divinity Room, que é considerada a mais antiga sala de aula da universidade, construída em 1427. A biblioteca também já apareceu nos filmes da série Harry Potter.

Magdalen College: Esta faculdade, que também faz parte da Universidade de Oxford, foi fundada em 1458 e tem belos prédios e espaços. Foi lá onde estudou Oscar Wilde, entre muitos outros grandes nomes da história britânica. Próximo do Jardim Botânico e da Magdalen Bridge.

Quando visitar?

A melhor época do ano para visitar Oxford é uma questão de opinião. Os dias de verão são muito longos, e os invernos são encantadores e acolhedores, e raramente neva na cidade. 

Informações úteis

  • Moeda: Libra Esterlina
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: +0 (UTC)
  • Visto: Se você pretende ir para o Reino Unido para uma visita de curta duração (até seis meses), você geralmente não precisa de visto. No entanto, você deve levar documentos com você para mostrar para os oficiais de imigração na fronteira do Reino Unido.
  • Clima: O verão (junho a agosto) tem temperaturas com pico de até 30ºC, enquanto no inverno (dezembro a março) os termômetros chegam a até -5ºC.
  • Maiores informações: http://www.oxfordcity.co.uk/ (em inglês)

 

Nottingham, Inglaterra

2 set

Nottingham - Castelo de Nottingham

Nottingham é uma cidade da Inglaterra, no Reino Unido. É a capital do condado de Nottinghamshire. Tem cerca de 635 mil habitantes. Tem origem num povoado saxão do século VI. É visitada por muitos turistas devido o seu reconhecimento como berço de Robin Hood. Um lugar muito visitado que guarda relação com o “príncipe dos ladrões” é a Sherwood Forest, ao norte da cidade, onde o saqueador viveu escondido fora da lei.

Pontos de interesse

Castelo de Nottingham: Castelo de Nottingham é um dos muitos castelos excelentes no Reino Unido, e está intrinsecamente ligado com a lenda de Robin Hood. Era a casa do xerife de Nottingham, e há uma estátua do famoso outlaw fora dos muros. O castelo agora hospeda alguns belos jardins e um Museu bom que, quando ele foi aberto em 1875, tornou-se o primeiro museu financiadas com recursos públicos para ser aberto fora de Londres.

Museu das Galerias da Justiça: Nessa verdadeira viagem no tempo, os turistas vão conhecer a história da época em que Nottingham Shire Hall era o único lugar no Reino Unido onde uma pessoa poderia ser julgada, presa e enforcada. Tudo isso acontecia nos degraus da entrada do Museu das Galerias da Justiça. Os turistas terão a oportunidade de ver a chocante história do crime e da punição em Londres ganhar vida por meio de atores, guias em áudio e muito mais. Recentemente, um calabouço subterrâneo foi identificado como sendo a provável cela onde Robin Hood foi encarcerado pelo terrível Xerife de Nottingham.

Cidade das Cavernas: Local essencial na trilha, a Cidade das Cavernas leva os visitantes a explorar o labirinto exclusivo de cavernas de calcário, esculpidas a mão, sob a cidade, que no passado levava ao Castelo de Nottingham.

Floresta de Sherwood: Diz a lenda que Robin Hood morou em várias partes da Reserva Nacional da Floresta de Sherwood, nos arredores de Nottinghamshire. Lá é possível ver a famosa Major Oak, a árvore viva mais antiga da floresta, que dizem ter sido esconderijo do herói. Outro passeio que pode ser feito na floresta são as trilhas a pé ou de bicicleta. Entre as paradas, uma é muito especial: a exposição “Robin Hood – O Filme” é uma espécie de acampamento medieval escondido no meio da floresta. A carruagem de madeira que foi usada no filme oferece assentos rústicos para que os visitantes possam contemplar cenas dos bastidores.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Nottingham é entre abril e outubro quando o tempo está melhor e os dias são mais longos.

Informações úteis

  • Moeda: Libra esterlina
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: +0 (UTC)
  • Visto: Se você pretende ir para o Reino Unido para uma visita de curta duração (até seis meses), você geralmente não precisa de visto. No entanto,  você deve levar documentos com você para mostrar para os oficiais de imigração na fronteira do Reino Unido.
  • Clima: O clima em Nottingham é tipicamente Inglês, com primaveras úmidas, verões quentes, outonos frescos e invernos gelados.
  • Maiores informações: http://www.experiencenottinghamshire.com/ (em inglês)

Manchester, Inglaterra

27 jul

Manchester - Museu Lowry

Manchester é uma cidade do Reino Unido, no noroeste da Inglaterra. A aglomeração urbana de Manchester tem cerca de 3,6 milhões de habitantes, que inclui outras cidades e áreas no condado, e é chamada Grande Manchester. A cidade é um grande centro industrial e econômico, e muitas companhias têm as sedes administrativas no centro da cidade ou num parque industrial ao este do centro, Trafford Park (perto de Old Trafford onde fica Manchester United)

Pontos de interesse

Museu Lowry: Um dos espaços mais interessantes e originais da Inglaterra é o Museu Lowry, que fica localizado num complexo que une um teatro e uma galeria de arte. O nome Museu Lowry é uma homenagem ao pintor inglês LS Lowry, que ficou bastante conhecido no mundo todo por suas pinturas do nordeste da Inglaterra. O espaço desse museu é bastante significativo, por isso mesmo é possível ter tantas instalações diferentes e todas com bastante conforto.

Galeria de Arte de Manchester: O acervo dessa galeria é de grande nível e podemos destacar dentre as obras de Stubbs, Gainsborough e Constable, e também 36 aquarelas de Turner. Uma nova coleção também tem ganhado destaque, pois se concentra na arte de artistas britânicos que foram importantes no século XX.

Manchester United Museum: Para os amantes do futebol, nada melhor do que visitar um dos clubes mais vitoriosos do mundo. Taças, camisas, vídeos e painéis contando a história do time valem a visita. Destaque para o Memorial do acidente aéreo que o time sofreu em 1958 e para a impressionante loja de presentes.

The Manchester Museum: Localizado dentro do campus da Universidade de Manchester, o museu é fabuloso. Gratuíto, mistura história antiga de diversas civilizações com a vida moderna. É possível ver sarcófagos com múmias, moedas antigas e objetos arqueológicos e ao mesmo tempo diversas espécies de animais empalhadas.

Quando visitar?

Por conta do clima, a melhor época para visitar Manchester vai de maio a agosto.

Informações úteis

  • Moeda: Libra esterlina
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: +0 (UTC)
  • Visto: Se você pretende ir para o Reino Unido para uma visita de curta duração (até seis meses), você geralmente não precisa de visto. No entanto,  você deve levar documentos com você para mostrar para os oficiais de imigração na fronteira do Reino Unido.
  • Clima: O clima de Manchester é descrito como temperado continental, com verões quentes e invernos frios e chuvosos. A média anual de temperatura é 11°C.
  • Maiores informações: http://www.visitmanchester.com/ (em inglês)

Londres, Inglaterra

11 jul

Londres - Big Ben e Casas do Parlamento

Londres é a capital e a maior e mais importante cidade da Inglaterra e do Reino Unido. A cidade nunca esteve tão atrativa, com museus históricos, catedrais e vida noturna intensa. É irresistível tirar fotos no palácio de Buckingham (morada da Rainha Elizabeth II), assim como registrar a visita à Catedral de São Paulo, cenário do casamento do príncipe Charles e da princesa Diana. E se ao pensar em Londres, a imagem do Big Ben vem a cabeça, saiba que além dos marcos históricos há também na cidade atrações modernas e divertidas como a roda-gigante London Eye, o Museu de Cera Madame Tussauds, além do borburinho dos pubs, feiras e ruas de comércio. Talvez em nenhuma outra capital europeia o visitante encontre tanto equilíbrio entre tradição e modernidade. Se por um lado Londres guarda seus castelos e sua realeza, por outro, apresenta uma cidade multifacetada onde pessoas de diferentes etnias se encontram em pubs, parques e feiras livres. Confira algumas das principais atrações para quem quer viver o lado moderno e o lado histórico da magnífica capital inglesa.

Pontos de interesse

London Eye: Roda gigante com 135 metros de altura e cabines de vidro que comportam até 25 pessoas em cada uma. O passeio dura meia hora e permite ter uma fantástica visão de Londres e do Rio Tamisa. Para aproveitar ainda mais esta atração, faça a volta na London Eye durante o pôr-do-sol.

Big Ben: Um dos cartões-postais, símbolo da pontualidade londrina. A torre do relógio Big Ben foi construída em 1858, após incêndio que destruiu o Palácio de Westminster comemorou 150 anos dia 11/07/2009. A torre no Palácio de Westminster foi concluída em 1859 e logo se tornou a parte mais famosa do edifício projetado pelo arquiteto Charles Barry para substituir o antigo Parlamento, destruído por um incêndio em 1834.

Troca da Guarda Real: O tradicional ritual de troca da guarda acontece diariamente em frente ao Palácio de Buckingham e dura meia hora. É preciso chegar cedo para ficar mais próximo ao portão.

Tower of London: Situada às margens do Tâmisa, a Tower of London localiza-se na região de um antigo forte romano, a Torre de Londres foi construída pelos conquistadores normandos. No reinado de Henrique VIII, suas torres foram transformadas em prisão e atualmente, a torre guarda as jóias maravilhosas da Coroa Britânica, que podem ser admiradas por todos.

Tower Bridge: Com cerca de 800 anos a Tower Bridge é a ponte mais famosa do mundo. Construída sobre o rio Tâmisa em 1894,  tem uma vista espetacular da cidade e é super interessante subir as torres, atravessar a ponte e visitar a Sala de Máquinas Victorianas, onde  encontram-se as máquinas a vapor originais que acionam os braços basculantes da ponte, que abrem cerca de 1000 vezes durante o ano para passagens de grandes navios. Tem 3 salões onde acontecem eventos e casamentos.

Casas do Parlamento: é o palácio londrino onde estão instaladas as duas Câmaras do Parlamento do Reino Unido (a Câmara dos Lordes e a Câmara dos Comuns). O palácio fica situado na margem Norte do Rio Tamisa, no Borough da Cidade de Westminster próximo de outros edifícios governamentais ao longo da Whitehall. O palácio é um dos maiores Parlamentos do mundo, constituindo um dos ex-libris de Londres, o que faz dele um dos edifícios mais célebres do planeta.

Palácio de Buckingham: é a residência oficial da Família Real desde 1837. Imponente e majestoso, é possível visitar algumas alas do palácio, onde são usadas para recepções e eventos oficiais. Se tiver muita sorte em Junho não perca o desfile de carruagens com a Rainha Elizabeth e a família real, na comemoração de seu aniversário, como uma “parada”. Entre Julho à Setembro são permitidas visitas ao Palácio de Buckingham e é inesquecível.

Castelo de Windsor: é uma residência oficial da Rainha e o maior castelo ocupado do mundo, palácio e real e fortaleza há mais de 900 anos. É possível visitar os apartamentos, suítes e alguns dos mais magníficos interiores no castelo, decorados com tesouros da Royal Collection incluindo pinturas de Holbein, Rubens, Van Dyck e Lawrence, finas tapeçarias e porcelanas, esculturas e armaduras. Dentro do complexo do Castelo, há mais atrações, incluindo a Galeria de Desenhos, a “Queen Mary’s dolls house”, que é a casinha de bonecas mais linda do mundo!! Cheia de detalhes, desde a garagem até os móveis, mini- pratarias, etc

Quando visitar?

A melhor época para visitar Londres é entre abril e outubro quando o tempo está melhor e os dias são mais longos.

Informações úteis

  • Moeda: Libra esterlina
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: +0 (UTC)
  • Visto: Se você pretende ir para o Reino Unido para uma visita de curta duração (até seis meses), você geralmente não precisa de visto. No entanto,  você deve levar documentos com você para mostrar para os oficiais de imigração na fronteira do Reino Unido.
  • Clima: O clima de Londres é temperado oceânico, com verões raramente quentes (temperatura média de julho: 18 °C), assim como também raramente se vê um inverno muito rigoroso (temperatura média de janeiro: 4 °C).
  • Maiores informações: http://www.visitlondon.com/ (em inglês) e http://www.vamosparalondres.com.br

Liverpool, Inglaterra

9 jul

Liverpool - Beatles Story

Liverpool é a quinta maior cidade da Inglaterra e é conhecida internacionalmente por ser o lugar onde surgiram os Beatles nos anos 1960. Premiada como a Capital Européia da Cultura em 2008, a cidade passou a ser notada por viajantes e turistas do mundo todo.

Liverpool tem o maior número de museus e galerias de arte do Reino Unido depois de Londres e abriga a maior catedral anglicana do país. Com mais de 800 anos de história, Liverpool possui um legado de arte e arquitetura que proporciona uma aparência distinta e um ambiente único.

Liverpool também é uma das maiores cidades esportivas do mundo, com corridas de cavalo, 40 campos de golfe e 2 grandes times de futebol. Se você estiver procurando educação de primeira e o melhor da cultura européia, vá para Liverpool.

Pontos de interesse

Beatles Story: Uma das principais atrações de Liverpool, localizada em frente ao rio Mersey, em Albert Dock. É um tipo de museu audiovisual, que vai contando a história dos Beatles. Entre os destaques, a reprodução do Star Club de Hamburgo, onde os Beatles tocaram no início da carreira, o Cavern Club e os estúdios de Abbey Road.

Magical Mystery Tour: Há ônibus que fazem o roteiro pelos lugares famosos relacionados com os Beatles, inclusive as casas dos Fab Four, as escolas, lugares de nascimento, Penny Lane e Strawberry Field. Passa pelo Cavern Club, uma replica do original templo da publicação Merseybeat.

Tate Liverpool: Inaugurada em 1988 como filial da Tate de Londres, a galeria de Liverpool tem uma fantástica coleção permanente de mestres contemporâneos e modernos como Picasso, Dalí, Warhol e Rothko.

Albert Docks: Um lugar com vistas lindas feitos de antigos armazéns, de 1846, hoje estão totalmente recuperados e são tombados pela Unesco. As construções abrigam cafés, lojas, restaurantes, The Beatles Story e o Merseyside Maritime Museum – repleto de miniaturas, como a do Titanic, perfeito para crianças.

Cavern Club: Foi inaugurado em 1957. Mais tarde, os Beatles fizeram apresentações neste endereço até serem descobertos por Brian Epstein e se tornarem famosos. Em pouco tempo o Cavern Club também estava mundialmente famoso. E é agora uma das maiores atrações turísticas da cidade, e sempre apresenta shows com as novas bandas de Liverpool.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Liverpool é de abril a setembro, quando a temperatura sobe, chegando a 18°C em média. De qualquer forma, prepare-se: chove muito, principalmente de julho a janeiro. Entre novembro e fevereiro, o inverno derruba os termômetros para 4°C.

Informações úteis

  • Moeda: Libra esterlina
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: +0 (UTC)
  • Visto: Se você pretende ir para o Reino Unido para uma visita de curta duração (até seis meses), você geralmente não precisa de visto. No entanto,  você deve levar documentos com você para mostrar para os oficiais de imigração na fronteira do Reino Unido.
  • Clima: Liverpool tem um clima temperado, com verões relativamente frescos e invernos suaves. No verão a temperatura média é de 20°C e no inverno é de 6°C, podendo nevar alguns dias.
  • Maiores informações: http://www.visitliverpool.com/ (em inglês).

Cambridge, Inglaterra

18 mar

Cambridge - King’s College Chapel

Cambridge é uma antiga cidade inglesa, sede do condado de Cambridgeshire. Situa-se a aproximadamente 80 km de Londres. Ao contrário de Oxford, sua tradicional rival, Cambridge foi muito pouco atingida pela industrialização, mantendo a atmosfera de cidade universitária em toda a sua pureza. A vida da cidade, praticamente, limita-se às atividades direta ou indiretamente ligadas à população estudantil, quase se despovoando nos períodos de férias escolares. Com os colégios recobertos de vegetação alinhados ao longo do rio, os verdes gramados e campos de esporte, a par da riqueza de sua arquitetura, Cambridge é uma cidade extremamente bela, que o turismo tem sabido aproveitar de todas as maneiras.

Pontos de interesse

King’s College Chapel: atração mais visitada em Cambridge, a arquitetura de King College Chapel protege a cidade, e seu coral mundialmente famoso criaram reputação em todo o mundo.

Universidade de Cambridge: Fundada no século XIII nas margens do rio Cam, a Universidade de Cambridge é considerada uma das mais importantes instituições de ensino do mundo. Com um total de 31 colégios de nível superior, instituições de ensino independentes e autogovernados, aos quais todos os alunos e grande parte dos acadêmicos estão ligados. Cada colégio possui seus próprios edifícios, fornecendo também moradia e alimentação aos seus membros. O campus abriga verdadeiras jóias arquitetônicas como a King’s College Chapel, a impressionante capela gótica construída no século XV considerada símbolo da universidade.

Museu Fitzwilliam: museu de arte e antiguidades fundado em 1816 pelo Visconde de mesmo nome. O museu conta com grande acervo assírio e egípcio e grandes nomes das belas artes como Ticiano, Rubens, Monet, Degas e Renoir.

Queens’ College: Fundada por duas rainhas – Margarida de Anjou, em 1448 e Elizabeth Woodville em1465, a faculdade se estende por ambos os lados do rio Cam, ligados pela famosa Mathematical Bridge. O mito diz que ela foi desenhada por Isaac Newton, sem o uso de pinos, porcas ou parafusos, mas quando desmontada, os bolsistas e estudantes não conseguiram descobrir como construí-la novamente. Infelizmente essa lenda é falsa, pois a ponte foi construída em 1749, 22 anos após a morte de Newton.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Cambridge é durante o verão (junho a setembro), quando as temperaturas estão mais agradáveis.

Informações úteis

  • Moeda: Libra Esterlina
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: 0 (UTC)
  • Visto: Se você pretende ir para o Reino Unido para uma visita de curta duração (até seis meses), você geralmente não precisa de visto. No entanto, você deve levar documentos com você para mostrar para os oficiais de imigração na fronteira do Reino Unido.
  • Clima: O clima de Cambridge é típico Inglês, e é muitas vezes imprevisível, embora em grande parte do ano o clima seja bastante moderado. Durante os meses de verão (maio, junho, julho, agosto e setembro), Cambridge tem muitos dias bons, ensolarados e quentes. As temperaturas são baixas durante os meses de inverno, e os dias são longos, úmidos e o sol aparece raramente. A ocorrencia de neve é rara.
  • Maiores informações: http://www.visitcambridge.org

Birmingham, Inglaterra

19 fev

Birmingham - Selfridges Birmingham

A cidade de Birmingham está localizada na região central da Inglaterra, ao norte de Londres. É a segunda maior cidade da Grã-Bretanha.

Conhecida na época vitoriana como a “oficina do mundo”,  Birmingham é conhecida atualmente por sua mistura de cultura,  beleza e atmosfera especial, que fazem desta cidade um dos destinos turísticos mais populares no Reino Unido.

Pontos de interesse

Aston Hall: É uma das mais belas casas de campo do Reino Unido, construída entre 1618 e 1635 por Sr. Thomas Holte.

Birmingham Museum & Art Gallery: É um grande museu que retrata um pouco de história local. Possui várias exposições temporárias e grande acervo permanente, incluindo uma extensa coleção de pinturas pré-rafaelitas.

Bullring Birmingham: Um dos maiores shoppings centers da cidade, está localizado no coração de Birmingham e possui mais de 160 lojas incríveis.

Selfridges Birmingham:  é um dos marcos mais característicos da cidade e representa uma experiência inovadora de compras, pois cada loja comercializa produtos dos melhores designers e as mais procuradas marcas.

The Custard Factory: é um bairro movimentado em Birmingham, que é o lar de empresas, galerias, artistas plásticos, lojas independentes e restaurantes maravilhosos.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Birmingham é entre maio e outubro, quando as temperaturas médias são agradáveis (10°C a 20°C). Se você não se importar em vestir casacos, você poderá visitar Birmingham de novembro a abril, mas as temperaturas médias são bastante frias (entre 0°C e 10°C).

Informações úteis

  • Moeda: Libra esterlina
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: +0 (UTC)
  • Visto: Se você pretende ir para o Reino Unido para uma visita de curta duração (até seis meses), você geralmente não precisa de visto. No entanto,  você deve levar documentos com você para mostrar para os oficiais de imigração na fronteira do Reino Unido.
  • Clima: Devido à sua localização geográfica, a precipitação é abundante durante a maior parte do ano. As temperaturas caem na primavera, no outono e durante todo o inverno, mas os verões são quentes.
  • Maiores informações: http://www.visitbirmingham.com/ (em inglês)
%d blogueiros gostam disto: