Sintra, Portugal

10 nov

Sintra - Castelo de Sintra

Sintra é uma vila portuguesa no Distrito de Lisboa, em Portugal. Lindíssima vila no sopé da Serra do mesmo nome, as suas características únicas fizeram com que a UNESCO ao classificá-la como patrimônio mundial fosse obrigada a criar uma categoria específica para o efeito – a de “paisagem cultural” – que desta forma considera tanto a riqueza natural como o patrimônio construído na vila e na serra. Sintra é um lugar para se sentir. Não basta falar dele, contar a sua História ou descrever a sua paisagem. É um lugar com espírito, um lugar que nos fala por dentro. O mistério que envolve a sua Serra, ou Monte da Lua; a densidade cromática da paisagem que nos surpreende, como se fosse uma grande tela coletiva; o mar inspirativo e sonhador; as suas lendas e tradições ancestrais; o seu povo peculiar, cuja hospitalidade e simpatia é reconhecida; enfim, tudo isto e muito mais onde as palavras não chegam, faz de Sintra o paraíso na Terra. 

Pontos de interesse

Castelo de Sintra: popularmente conhecido como Castelo dos Mouros, foi erguido sobre um maciço rochoso, isolado num dos cumes da serra de Sintra, na Estremadura, do alto das suas muralhas descortina-se uma vista privilegiada de toda a sua envolvência rural que se estende até ao oceano Atlântico.

Palácio Nacional de Sintra: também conhecido como Palácio da Vila, foi um dos Palácios Reais e hoje é propriedade do Estado Português, que o utiliza para fins turísticos e culturais. De implantação urbana, a sua construção iniciou-se no século XV, com traça de autor desconhecido. Apresenta características de arquitetura medieval, gótica, manuelina, renascentista e romântica. É considerado um exemplo de arquitetura orgânica, de conjunto de corpos aparentemente separados, mas que fazem parte de um todo articulado entre si, através de pátios, escadas, corredores e galerias.

Convento dos Capuchos: Este convento foi construído em 1560 por D. Álvaro de Castro, num local isolado e inóspito, cujas condições naturais tiveram uma forte influência na escolha da localização do convento aquando da sua fundação. O convento serrano de Sintra ficou famoso pelo extremo da sua pobreza, seja a da construção, seja a das próprias condições de vida. A portaria do convento, um simples telheiro com teto e traves de madeira forradas de cortiça, de imediato elucidam acerca da pobreza e do rigorismo ascético que orientaram esta construção rústica e primitiva. A mata do Convento, com os seus velhos carvalhos e arbustos de grande porte, beneficiou seguramente do carinho e proteção dos religiosos. Tendo sobrevivido até aos nossos dias, constitui talvez o mais representativo testemunho e a mais bem conservada relíquia da floresta primitiva da Serra de Sintra. Basicamente é constituído por uma formação arbórea submediterrânica dominada por  carvalhos caducifólios, com elementos do maquis mediterrânico no sub-coberto e grande profusão de fetos, musgos e plantas epífitas e trepadeiras que tudo envolvem e recobrem num denso emaranhado vegetal.

Quando visitar?

A primavera, de abril a junho, e o outono, de setembro a novembro, são as épocas mais agradáveis para visitar Sintra.

Informações úteis

  • Moeda: Euro
  • Idioma: Português
  • Fuso horário: +1 (UTC)
  • Visto: os cidadãos brasileiros não necessitam de visto para entrar em Portugal, para permanência de até 90 dias
  • Clima: Sintra é uma cidade com um clima quente, com sol durante boa parte do ano e as temperaturas variam entre os 25°C e os 30°C. O inverno e o outono são os mais frios, mas raras vezes as temperaturas chegam aos 6°C.
  • Maiores informações: http://www.cm-sintra.pt/
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: