Rio Branco, Brasil

14 out

Rio Branco - Novo Mercado Velho

Rio Branco é um município brasileiro, capital do estado do Acre, distando 3.123 km da capital Brasília. Apesar de destino pouco procurado pelos turistas, a cidade tem muito a oferecer. Nos últimos anos, governo e instituições privadas têm investido na revitalização das suas construções históricas, na criação de novos espaços de lazer e cultura e na valorização do saber tradicional da sua gente, que convive com a maior floresta tropical do mundo, a amazônica.

Pontos de interesse

Novo Mercado Velho: Construído em 1929, foi uma das principais construções em alvenaria da época. Passou por uma obra de revitalização que resgatou a importância do espaço e o transformou em um belo cartão-postal da cidade (e passou a ter a palavra “novo” em seu nome). O projeto beneficiou os antigos comerciantes, muitos com 40 anos de atuação no local, que foram mantidos em suas vendas, armarinhos, lojas de ervas medicinais, bancas de artesanato e casas de produtos religiosos. Pensões servem uma comida boa e barata na hora do almoço e pequenas lanchonetes um lanche rápido durante a tarde. O café do Mercado é uma ótima opção para um happy hour com vista para o rio Acre. Uma foto com as estátuas em frente ao prédio, que representam os típicos acreanos, tem que estar no álbum dos turistas que passam pela cidade.

Palácio Rio Branco: O Palácio do Governo foi inaugurado em 1930 e teve seu desenho inspirado na arquitetura grega. Foi recentemente restaurado e parte do prédio ambientado com exposições que contam a história da formação do Acre e de seu patrimônio cultural e arqueológico. Vale destaque a área que fala sobre os geoglífos, as formas geométricas milenares do Vale do Acre, e os depoimentos gravados em áudio da população acreana contando suas histórias e descendências.

Rua da Gameleira: À margem direita do rio Acre fica a gameleira, a árvore com mais de 20 metros de altura e de 2,5 metros de diâmetro, que deu origem ao seringal/povoado Volta Empreza e, mais tarde, à capital Rio Branco. Depois de ter apreciado duas batalhas da Revolução Acreana, que se travaram ao seu redor, a Gameleira foi considerada monumento histórico pela Prefeitura da cidade, em 1981. Essa antiga área portuária, conhecida hoje como clçadão da Gameleira, foi reurbanizada e seus antigos casarões foram transformados em bares, restaurantes e centros culturais, tornando-se o principal ponto de encontro dos jovens na noite da cidade. Um mastro de 60 metros de altura com a bandeira do Acre foi inaugurado em 2003 e pode ser avistado de vários pontos da capital.

Casa dos Povos da Floresta: Teve sua construção inspirada nas malocas indígenas por fora e na casa dos ribeirinhos por dentro. Constitui-se num espaço de valorização da cultura dos povos da floresta: indígenas, seringueiros e ribeirinhos. Possui um acervo de livros, revistas, publicações, documentos e peças artesanais da arte acreana.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Rio Branco é durante os meses menos chuvosos (maio, agosto e setembro).

Informações úteis

  • Moeda: Real
  • Idioma: Português
  • Fuso horário: -4 (UTC)
  • Clima: O clima de Rio Branco é equatorial, com temperaturas oscilando entre 25°C e 40°C nos dias mais quentes do ano, porém as sensações térmicas na cidade sempre estão bem acima da temperatura real, facilmente ultrapassando 40°C, fazendo com que Rio Branco seja, talvez, a capital mais quente do Brasil.
  • Maiores informações: http://www.riobranco.ac.gov.br/
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: