Ribeirão Preto, Brasil

12 out

Ribeirão Preto - Sete Capelas

Ribeirão Preto é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo, Região Sudeste do país. A cidade vem se destacando como pólo mundial do agronegócios, com grande parque industrial e referencia em tecnologia avançada no setor sucroalcooleiro. Aos olhos do mundo aparece na mídia como uma região progressista e em processo de desenvolvimento acelerado, fazendo crer que o Turismo de negocio é o que mais cresce por aqui. No entanto, assistimos grande desenvolvimento do turismo rural nesta região graças a visão empreendedora e investimentos feitos por parte de proprietários de fazendas centenárias, com paisagem e clima privilegiado, ótima comida, entre outros atrativos. Ribeirão Preto é um município que tem uma vida noturna muito ativa em função de bares, restaurantes, boates, teatros, cinemas e similares. No passado, devido à sua agitada vida noturna e arquitetura atrativa, foi denominada “petite Paris” (pequena Paris). O grande poder aquisitivo dos coronéis do café fez com que a cidade se desenvolvesse a ponto de ser comparada a grandes metrópoles da época, principalmente Paris. Imitando sua arquitetura e hábitos sociais, surgiram vários teatros e sociedades que promoviam os eventos e entretenimentos sociais.

Pontos de interesse

Mirante: O mirante, com cerca de 45 metros de altura e capacidade para 180 pessoas, fica atrás do Jardim Japonês  em área de 200 metros quadrados. construído por funcionários do Bosque Municipal “Fábio Barreto”, o Mirante foi denominado “Coronel Alfredo Condeixa Filho”.

Museu de Ordem Geral: Instalado há 54 anos na antiga sede da Fazenda Monte Alegre, o Museu Histórico tem como missão preservar, organizar e dar acesso à documentos, bibliografia e a variadas coleções referentes à História de Ribeirão Preto e região. A imponente arquitetura em estilo rural é representada por uma residência ampla em formato de “L”, rodeada por belas varandas decoradas com lambrequins de madeira e cercada por palmeiras imperiais.

Sete Capelas: O Santuário das Sete Capelas foi idealizado pelos monges beneditinos, cada uma dedicada a um padroeiro. A construção se prolongou por quase dez anos. A primeira capela, de Nossa Senhora das Graças, foi construída em 1948. A de São Judas Tadeu em 1951. As capelas de Nossa Senhora Aparecida e Santa Terezinha foram construídas em 1954. A capela de São Jorge em 1955 e, encerrando o santuário, as capelas de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e da escadaria – a Capela da Penitência. Cada uma mantém sua individualidade no que se refere ao conjunto arquitetônico, mas formam um interessante conjunto. Dispostas em semi-círculo, as capelas são voltadas para o centro.

­­

Palácio Rio Branco: Inaugurado em 26 de maio de 1917, o Palácio Rio Branco passou por uma reforma em 1992. Todo o madeiramento foi trocado, encanamentos e rede elétrica modernizados e o estilo preservado. O Palácio Rio Branco sedia o Gabinete do Prefeito, Secretaria de Governo, Secretaria da Casa Civil,  Coordenadoria de Comunicação Social, Astel (Assessoria Técnica Legislativa), Seção de Leis e Decretos.

Quando visitar?

Ribeirão Preto pode ser visitada o ano todo.

Informações úteis

  • Moeda: Real
  • Idioma: Português
  • Fuso horário: -3 (UTC)
  • Clima: O clima de Ribeirão Preto é tropical com diminuição de chuvas no inverno e temperatura média anual de 23°C, tendo invernos secos e amenos (raramente frios de forma demasiada) e verões chuvosos com temperaturas moderadamente altas. Outono e primavera são estações de transição.
  • Maiores informações: http://www.ribeiraopreto.sp.gov.br
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: