Nova York, Estados Unidos

4 set

Nova York - Estátua da Liberdade

Nova York é a cidade mais populosa dos Estados Unidos. É também a terceira cidade mais populosa da América, atrás de São Paulo e Cidade do México. A cidade exerce um impacto significativo sobre o comércio, finanças, mídia, arte, moda, pesquisa, tecnologia, educação e entretenimento de todo o planeta. Nova York é um importante centro para assuntos internacionais e amplamente considerada como a capital cultural do mundo. A cidade também é referida como Cidade de Nova York para distingui-la do estado de Nova York, do qual faz parte.

Nova York é composta por cinco boroughs: Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island. Com cerca de 800 idiomas diferentes falados em seu território, Nova York é a cidade com a maior diversidade linguística do mundo. Muitos distritos e pontos turísticos da cidade se tornaram bem conhecidos graças aos seus quase 50 milhões de visitantes anuais.

Pontos de interesse

Empire State Building: é um arranha-céu de 102 andares de estilo Art déco localizado na intersecção da 5ª Avenida com a West 34th Street. Seu nome deriva do apelido do estado de Nova York. É um dos principais pontos turísticos de Nova York, muito famoso e visto em vários filmes como Superman, Manhattan e o clássico King Kong. O observatório principal fica no 86° andar, e de lá de cima é possível avistar toda a cidade de Nova York, praticamente num raio de 130 km de distância. Há também um observatório no 102° andar.

Estátua da Liberdade: é um monumento inaugurado em 28 de outubro de 1886, construído em uma ilha na entrada do Porto de Nova York. O Monumento comemora o centenário da assinatura da Declaração da Independência dos Estados Unidos da América e é um gesto de amizade da França para com os Estados Unidos. Para visitar a estátua é necessário a compra de bilhetes turísticos que incluem o transporte via Ferry Boat até a ilha da liberdade. Normalmente, os passes permitem acesso total à ilha onde está a estátua, mas o visitante não tem permissão para adentrar no monumento. Ingressos que permitam a entrada no monumento são fornecidos mediante o pagamento de taxas extras, entretanto, desde outubro de 2011 não está sendo mais permitido nenhum tipo de acesso ao monumento, pois o mesmo encontra-se em reforma, devendo ser reaberta em outubro de 2012. Além da estátua, na ilha o visitante pode caminhar pelo parque existente no local, vislumbrar o famoso skyline de Manhattan, alimentar-se em uma das lanchonetes ali existentes e visitar a loja de presentes e souvenirs.

Central Park: é um grande parque (com 341 hectares e uma área de 3,4 km²) que está localizado no distrito de Manhattan. O parque, que existe há 150 anos, é considerado, por muitos nova-iorquinos, um oásis dentro da grande floresta de arranha-céus existente na região. É um lugar onde as pessoas podem diminuir o ritmo frenético de Nova York: as pessoas podem sentar em um banco e ler o jornal, conversar com os amigos, jogar, andar de bicicleta ou brincar com as crianças. Com os aproximadamente vinte e cinco milhões de visitantes anualmente, o Central Park é o parque mais visitado da cidade e aparece em muitos filmes e programas de televisão, tornando-o conhecido no mundo todo.

Metropolitan Museum of Art (MET): é hoje um dos maiores e mais importantes museus do mundo e abriga uma importante coleção de pintura europeia dos séculos XII-XX e obras da arte antiga (grega, romana, egípcia e assírio-babilónica) e oriental. Estão também expostas nas suas salas pinturas e esculturas de artistas norte-americanos. São muito importantes as seções dedicadas a instrumentos musicais, armas e indumentária.

Rockefeller Center: é um complexo de 19 edifícios comerciais que ocupam uma área de 89.000 m² entre as ruas 48th e 51st, em Manhattan. É atualmente uma das principais atrações turísticas de Nova York, especialmente no inverno, quando a praça principal do complexo está decorada com uma grande árvore de natal, bem como possui uma grande pista de patinação. Outro grande atrativo é o observatório localizado no 70° andar, onde é possível ter uma visão 360° da cidade.

Times Square: é a denominação da área formada na confluência e cruzamento de duas grandes avenidas da cidade de Nova York. A área está localizada na junção da Broadway com a 7ª Avenida, entre a ruas 42 Oeste e 47 Oeste, na região central de Manhattan. O local possui uma das maiores concentrações da indústria do entretenimento no mundo, além de grandes lojas de famosas marcas internacionais, e obviamente congrega inúmeros anúncios luminosos de publicidade que durante a noite tornam-se uma atração peculiar. É também na Times Square que se pode assistir a uma das maiores festas de passagem de ano do planeta, contando sempre com inúmeros recursos visuais e pirotecnia. Atualmente é o ponto turístico mais visitado do mundo, com cerca de 39 milhões de visitantes por ano, recebendo mais turistas do que a Estátua da Liberdade.

American Museum of Natural History: é o maior museu de história natural do mundo, especialmente reconhecido pela sua vasta coleção de fósseis, incluindo de espécies de Dinossauros. Uma das grandes atrações do museu é uma coleção de esqueletos de dinossauro, com mais de 30 milhões de fósseis e artefatos espalhados por 42 salas de exibição.Um barossauro de aproximadamente 15 m dá as boas vindas aos visitantes na entrada.

Ponte do Brooklyn: é uma das mais antigas pontes de suspensão nos Estados Unidos, com extensão de 1.834 metros, e situa-se sobre o rio East, ligando os distritos (boroughs) de Manhattan e Brooklyn. Caminhe de um ponto a outro da ponte e aprecie a vista ao redor.

Grand Central Terminal: é considerada a maior estação ferroviária do mundo, com 44 plataformas, em dois níveis, com 41 linhas no nível superior e 26 no inferior. Em média, 125 mil usuários passam por ela todos os dias. Dentre os destaques do Grand Central Terminal estão o relógio dourado de quatro lados que fica exposto no Main Concourse, as constelações do zodíaco invertidas pintadas no teto por Paul Helleu, mais de 2.500 estrelas sendo 60 delas iluminadas por fibras ópticas, os enormes e opulentos candelabros e a escultura de Mercúrio que fica fora do edifício, além dos restaurantes e das várias lojas.

Broadway: é uma avenida que atravessa o condado de Manhattan e do Bronx, e é muito famosa pelos seus teatros que exibem superproduções de musicais, que muitas vezes ficam em cartaz durante vários anos. Atravessa a Times Square e é ponto de referência para 43 teatros que conformam o Circuito Broadway.

Quando visitar?

Nova York pode ser visitada durante todo o ano, mas a melhor época para conhecer a cidade é entre maio a junho e setembro a outubro, quando o clima está mais ameno e agradável.

Informações úteis

  • Moeda: Dólar
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: -5 (UTC)
  • Visto: Todos os brasileiros que não são residente permanente (portador de green card) ou cidadão americano, precisam obter um visto para entrar no território americano.
  • Clima: Nova York possui um clima temperado continental úmido, apresentando quatro estações bem definidas. Os invernos da cidade são frios (embora mais quentes do que no interior, dado a sua localização), e eventualmente tempestades de neve podem paralisar completamente a cidade, com mais de 30 centímetros de neve. No inverno, a temperatura média é de 1ºC. As primaveras na cidade são amenas, possuindo máximas que variam entre 10 °C a 15 °C, em março, e a 20 °C a 25 °C em junho. Os verões da cidade são quentes e úmidos, com máximas entre 32 °C a 38 °C, e temperatura média de 23 °C.
  • Maiores informações: http://www.nycgo.com/ (em inglês)
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: