Chapada Diamantina, Brasil

4 abr

Chapada Diamantina - Poço Encantado

A Chapada Diamantina é uma região de serras, situada no centro do Estado brasileiro da Bahia, onde nascem quase todos os rios das bacias do Paraguaçu, do Jacuípe e do Rio de Contas. Essas correntes de águas brotam nos cumes e deslizam pelo relevo em belos regatos, despencam em borbulhantes cachoeiras e formam transparentes piscinas naturais. O parque nacional é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A vegetação é exuberante, composta de espécies da caatinga semi-árida e da flora serrana, com destaque para as bromélias, orquídeas e sempre-vivas.

Pontos de interesse

Parque Nacional da Chapada Diamantina: foi criado em 1985 por decreto federal, abrangendo uma área de 1.520 km² na região da Chapada Diamantina, incluindo os municípios de Andaraí, Ibicoara, Itaeté, Lençóis, Mucugê e Palmeiras. O turismo ecológico consciente dá à Chapada as melhores características de um pólo de lazer que preserva a natureza. Apresenta relevo acidentado, com grutas e cavernas, cânions e rios. A Gruta da Lapa Doce, com24 quilômetros, é a quinta maior caverna do Brasil. Algumas grutas apresentam pinturas rupestres ainda pouco estudadas.

Cachoeira da Fumaça: é uma cachoeira brasileira localizada entre os municípios de Lençóis e Palmeiras. A queda d’água está incrustada na Chapada Diamantina, dentro do conhecido Parque Nacional da Chapada Diamantina e possui 340 metros de altura, sendo a segunda maior do Brasil, menor apenas que a Cachoeira do El Dorado, no Amazonas. Recebeu esse nome porque pela altura da queda, a água evapora-se, formando um panorama visual como se fosse fumaça. Entretanto, dependendo da estação, pode estar completamente seca.

Poço Encantado: Trata-se de uma caverna em uma dolina (depressão externa formada por erosão de material calcário), cuja principal atração em seu interior é o mundialmente famoso Poço Encantado. Alí, a luz azul refletida pelos vários minerais presentes na água, principalmente o magnésio, cria um espetáculo único dentro da caverna com o poço transparente, cujo fundo pode ser visto.

Vale do Capão: é uma formação geológica formada por um lado pela Serra do Candombá e por outro pela Serra da Larguinha, onde fica o Morro Branco.

Pico do Barbado: é o pico mais alto do Nordeste brasileiro e da Bahia com cerca de 2.033 metros, estando localizado no limite entre os municípios de Rio do Pires e Abaíra, na Bahia. É uma formação geológica de rara beleza e se encontra em uma área de proteção ambiental devido a sua exuberante riqueza botânica.

Pico das Almas: é um pico de 1.980 metros, e é o segundo ponto mais elevado do Estado da Bahia

Quando visitar?

A Chapada Diamantina pode ser visitado o ano todo. O período mais seco vai de agosto a outubro. Durante o verão as chuvas são abundantes, sendo mais concentradas entre os meses de novembro e janeiro. Nessa época as cachoeiras ficam mais cheias.

Informações úteis

  • Moeda: Real
  • Idioma: Português
  • Fuso horário: -3 (UTC)
  • Clima: O clima da região é tropical, com temperatura média anual entre 22°C e 24°C.
  • Maiores informações: http://www.guiachapadadiamantina.com.br/
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: