Arquivo | fevereiro, 2012

Boston, Estados Unidos

29 fev

Boston - John Hancock Tower

Boston é a capital e maior cidade do estado de Massachusetts, localizado na região da Nova Inglaterra, na costa leste dos Estados Unidos.

A cidade possui um extenso centro financeiro, comercial, industrial e universitário. É como as outras grandes metrópoles dos Estados Unidos, com enormes arranha-céus.

A cidade de Boston, é cercada de colinas, proporcionando assim, uma bela paisagem para quem visita a cidade.

Pontos de interesse

Museu de Artes Finas: é um dos museus de arte mais abrangentes do mundo, com uma coleção de cerca de 450.000 obras de arte. Possui obras de arte dos antigos egípcios, arte contemporânea, exposições especiais e inovadores programas educacionais.

Faneuil Hall Marketplace: É o lugar onde a história americana ganha vida e o palco de uma das mais famosas experiências de compra e alimentação da América. Por mais de 250 anos, o mercado tem desempenhado um papel fundamental na vida dos moradores de Boston. Então, se você está pronto para ver, saborear e sentir uma verdadeira experiência de Boston, não deixe de visitar esse lugar histórico e emocionante.

John Hancock Tower: O John Hancock Tower é um dos arranha-céus mais altos do mundo, com 241 metros (790ft). Edificado na cidade de Boston, Estados Unidos, foi concluído em 1976 com 60 andares.

Copley Square: é uma praça pública localizada no bairro de Back Bay, em Boston, e foi nomeada em homenagem ao doador do terreno em que foi desenvolvida. A Copley Square abriga o Museu de Artes Finas, a igreja da Trindade, a biblioteca pública de Boston, o edifício John Hancock, entre outros.

Public Garden: também conhecido como Jardim Público de Boston, é um grande parque localizado no coração de Boston.

Universidade de Harvard: localizada em Cambridge, Harvard é uma das instituições educacionais mais prestigiadas do mundo, bem como a mais antiga instituição de ensino superior dos Estados Unidos. Harvard, além de ser a mais rica, é também considerada a melhor universidade do mundo.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Boston é durante o outono americano (de setembro a dezembro), pois as temperaturas são mais amenas e as paisagens são mais belas. Durante a primavera e o verão também é recomendado visitar a cidade, por conta das temperaturas agradáveis.

Informações úteis

  • Moeda: Dólar
  • Idioma: Inglês
  • Fuso horário: -5 (UTC)
  • Visto: Todos os brasileiros que não são residente permanente (portador de green card) ou cidadão americano, precisam obter um visto para entrar no território americano.
  • Clima: O clima de Boston varia de acordo com as estações e meses do ano. A temperatura média mais alta de Boston é em julho, com cerca de 29°C, e a menor temperatura média acontece em janeiro com cerca de -6°C.
  • Maiores informações: http://www.cityofboston.gov/visitors/default.asp (em inglês)
Anúncios

Bordeaux, França

28 fev

Bordeaux - La Victoire

Bordeaux é uma cidade francesa, considerada a capital mundial do vinho. A cidade está situada perto da costa Atlântica, no sudoeste de França, e é atravessada pelo rio Garonne.

Bordeaux foi classificada como Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, por causa do excepcional conjunto urbano que a cidade representa.

Desde a libertação da cidade na Segunda Guerra Mundial, a cidade cresceu e é hoje uma sede de uma das maiores áreas metropolitanas europeias do litoral, sendo um destino turístico muito apreciado.

Pontos de interesse

Musee D’Art Contemporain: O espaço do museu foi construído em 1824 para estocar produtos importados/exportados das colônias. Seu acervo não é fixo, apenas exposições temporárias distribuídas nos seus 3 andares.

Musee D’Aquitaine: Achados arqueológicos do período pré-romano. Coleção de pinturas, esculturas e outras obras.

Les Quais: Ótimo para um agradável passeio nas margens do Garonne, e para desfrutar de um passeio em um barco, exibindo uma paisagem deslumbrante sobre as pontes de Bordeaux, ou dançar a noite toda em uma das várias casas noturnas da cidade. A Ponte Aquitaine é uma realização arquitetônica única da França.

La Victoire: Os monumentos históricos contrastam com a vida estudantil e com os bares da região. Não perca o Arco do Triunfo (arquitetura romana), no centro de La Victoire, que é um grande exemplo das raízes romanas da cidade.

Passeios nos vinhedos: Passeios estão disponíveis através de muitas agencias de turismo. Você pode fazer passeios diários saindo de Bordeaux e que vão para todos os principais vinhedos da região: Saint Emilion, Médoc, Graves e Sauternes.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Bordeaux é durante a primavera (de março a junho), quando as temperaturas não são nem muito frias e nem excessivamente quentes.

Informações úteis

  • Moeda: Euro
  • Idioma: Francês
  • Fuso horário: +1 (UTC)
  • Visto: Os cidadãos brasileiros que desejarem se dirigir à França em viagem turística estarão isentos da exigência de visto. Esta medida aplica-se exclusivamente às estadas inferiores a 3 meses.
  • Clima: Bordeaux tem um clima temperado que vem da influência do Oceano Atlântico e do estuário do Gironde. A região de Bordeaux caracteriza-se por ter um clima ameno no Inverno, assim como na Primavera e no Outono. Os verões são cada vez mais quentes possivelmente devido ao aquecimento global da Terra.
  • Maiores informações: http://www.bordeaux-tourisme.com (em inglês, francês ou espanhol)

Bora Bora, Polinésia Francesa

27 fev

Bora Bora - Matira Beach

Bora Bora é uma ilha da Polinésia Francesa e um território ultramarino francês localizado no Oceano Pacífico. A ilha é provavelmente a mais famosa do mundo. As lendas, mistérios e romance associados com as palavras “Bora Bora” trazem uma presença quase mística à ilha.

Bora Bora tem muitas atrações a oferecer para seus visitantes, tanto naturais como artificiais. A ilha é cercada por um grande recife e oferece excelentes oportunidades de snorkelling e mergulho. Também está rodeada por uma lagoa maravilhosa que o torna um dos lugares com uma das vistas mais magníficas do oceano.

Pontos de interesse

Bora Bora Lagonarium: Um mergulhador certificado atua como guia subaquático enquanto você nada e fica cara a cara com golfinhos, tartarugas, tubarões, arraias e outros peixes  que vivem no Lagoonarium.

Mirante Belvedere: Lá de cima é possível ter uma vista magnífica da ilha

Relíquias da Segunda Guerra Mundial: Existem 7 canhões que datam da Segunda Guerra Mundial em Bora Bora. Estes canhões são remanescentes de um tempo passado, quando a América não tinha a confiança militar que eles tem agora. Eles estão empoleirados em vários diferentes pontos estratégicos em toda a ilha como postos avançados de defesa militar.

Matira Beach: é a praia mais bonita de Bora Borá. São quase 2 km de areia branca e água fresca e calma.

Quando visitar?

Embora o tempo seja melhor durante os meses de inverno – junho, julho e agosto – o a melhor época para visitar Bora Bora é em abril ou maio. O clima é mais agradável do que durante o auge do verão, a umidade é reduzida, e as chuvas de verão são praticamente inexistentes.

Informações úteis

  • Moeda: Franco do Pacifico
  • Idioma: Frances e Taitiano
  • Fuso horário: -10 (UTC)
  • Visto: Brasileiros estão isentos de visto de entrada em Bora Bora.
  • Clima: O clima em Bora Bora é de verão o ano todo, com temperaturas entre 22ºC e 27ºC, variando de úmido e morno, entre novembro e março, a seco e fresco, entre abril a outubro.
  • Maiores informações: http://www.boraboraisland.com (em inglês)

Bonito, Brasil

26 fev

Bonito - Gruta do Lago Azul

Bonito é um município brasileiro da região Centro-Oeste, situado no estado de Mato Grosso do Sul. Pólo do ecoturismo em nível mundial, suas principais atrações são as paisagens naturais, os mergulhos em rios de águas transparentes, cachoeiras, grutas e cavernas. Juntamente com Jardim, Guia Lopes da Laguna e Bodoquena, é o principal município que integra o complexo turístico do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, apresentando grande potencial turístico.

Pontos de interesse

Aquário Natural – Baía Bonita: Lago cristalino que oferece visão de vários peixes ornamentais e plantas aquáticas. A flutuação é feita num percurso de900 metros, e o passeio continua por trilha na mata ciliar, piscinas naturais e cachoeiras.

Gruta do Lago Azul: Considerada o cartão postal da cidade de Bonito a Gruta do Lago Azul é um passeio contemplativo e histórico que tem início com uma caminhada de aprox. 300m até a entrada da caverna, onde já se pode ter uma idéia de sua beleza. Descendo aprox. 200m por uma escadaria cavada na terra, avista-se um lago que encanta pelas águas de tom intensamente azuladas e belíssimas espeleotemas de milhares de anos.

Parque das Cachoeiras: Uma trilha que passa por 6 belas cachoeiras onde você pode observar, fotografar e se refrescar em um delicioso banho.

Balneário municipal: As águas cristalinas do Rio Formoso permitem uma visão nítida de peixes de cores e tamanhos variados. Dispõe de sanitários, quadra de vôlei de areia, lanchonetes e sorveteria.

Rio Sucuri: A transparência de suas águas cristalinas permite observar uma grande diversidade de fauna e flora aquáticas, com isso tem atraído visitantes do mundo inteiro. Os visitantes são recebidos na antiga sede da fazenda por funcionários aptos ao atendimento, que passam todas as informações sobre o passeio de flutuação, mostrando-lhes todo o ambiente da casa, a loja, bar, restaurante, piscina natural, vestiários, redários e pomar, este por sua vez pode ser usufruído pelos turistas com suas deliciosas frutas. Os turistas são informados também sobre os passeios opcionais, tais como: passeio a cavalo, bike-tour e o quadriciclo.

Parque Nacional da Serra da Bodoquena: Com 76.481 hectares que estão divididos em dois fragmentos, um ao norte e outro ao sul, o Parque Nacional da Serra da Bodoquena possui como cenário de fundo uma formação de montanhas de rochas calcárias que a difere das demais montanhas da região. O parque ainda possui áreas compostas campos alagados, cerrados, floresta estacional e o maior trecho de Mata Atlântica do estado de Mato Grosso.

Quando visitar?

A melhor época para aproveitar todas as aventuras de Bonito é de agosto a outubro, quando chove menos e a água é mais cristalina.

Informações úteis

  • Moeda: Real
  • Idioma: Português
  • Fuso horário -4 (UTC)
  • Clima: Verão úmido e inverno seco (típicos de savanas tropicais). De agosto a outubro, chove pouco e as águas ficam ainda mais cristalinas. As chuvas são mais freqüentes de novembro a março (e as cachoeiras estão bem cheias). No inverno a temperatura varia de 15ºC a 20ºC.
  • Maiores informações: http://www.bonito.ms.gov.br

Bombinhas, Brasil

25 fev

Bombinhas - Praia de Quatro Ilhas

A praia de Bombinhas, situada numa península ao norte do litoral de Santa Catarina, é conhecida como a capital do mergulho no Sul do País. Também é considerada um paraíso ecológico, com mais de 20 praias de águas limpas e cristalinas, areia branca e cercadas pela Mata Atlântica. A praia oferece ainda múltiplas opções de lazer, num ambiente descontraído e perto da natureza. Antiga aldeia de pescadores artesanais, hoje apresenta uma importante infraestrutura de serviços e hotelaria. A prática de esportes, como uma tranquila caminhada à beira mar e até um voo de Parasailing, fazem dela um ótimo lugar para as suas férias.

Pontos de interesse

Morro do Macaco: Localizado na Praia de Canto Grande é um dos principais pontos turísticos de Bombinhas. Para se chegar ao local é necessário se percorrer uma trilha não muito íngreme de aproximadamente 150 metros de altitude. A recompensa é a belíssima vista que se tem do alto do morro das enseadas do Mariscal e de Zimbros, além do Arquipélago do Arvoredo.

Costeira dos Zimbros: é uma Área de Relevante Interesse Ecológico, unidade de conservação de uso sustentável que abriga exemplares da fauna e flora da Mata Atlântica, além da grande qualidade paisagística e riqueza de águas que abastece a comunidade de Zimbros. Esta trilha passa por três praias desertas, Praia do Cardoso, Praia da Lagoa e Praia Triste, ao final tem uma linda cachoeira com piscinas naturais.

Galheta: Extensa área de mata atlântica preservada no costão esquerdo da praia de Bombas. As trilhas do parque são ideais para a observação da flora e fauna locais.

Praia da Tainha: Pequena e com costões nas extremidades, a praia da Tainha é perfeita pra banhos e mergulho.

Praia de Quatro Ilhas: é uma praia de mar aberto, com faixa de areia larga e ondas arrebentando longe da praia. Da praia é possível ver quatro ilhas que formam a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e que deram origem ao nome “Quatro Ilhas”.

Quando visitar?

Para o Turismo a melhor época é o verão, quando a temperatura da água é mais quente chegando a 25 graus. O mergulho é praticado o ano todo. Nos Meses de Maio a Julho algumas praias ficam fechadas para a pesca da Tainha.

Informações úteis

  • Moeda: Real
  • Idioma: Português
  • Fuso horário -3 (UTC)
  • Clima: Subtropical, mesotérmico, quente e úmido, sem uma estação seca definida. Bombinhas está localizada em uma área de transição entre os climas tropical e subtropical. Seu clima é influenciado pelos ventos nordeste e sul.
  • Maiores informações: http://www.bombinhas.com/

Bolonha, Itália

24 fev

Bolonha - As Duas Torres (Garisenda e Asinelli)

Bolonha é uma cidade italiana, localizada entre o rio Reno e o rio Savena.

Bolonha é uma cidade universitária animada e cosmopolita italiana, com espetacular história, arte, culinária, música e cultura. As ruas são bem decoradas e preservadas, rodeadas por atraentes praças e edifícios típicos da Itália.

Pontos de interesse

Pinacoteca Nacional de Bolonha (Galeria Nacional): Contendo a arte mais importante da cidade, a Pinacoteca oferece um panorama interessante da pintura veneziana e emiliana do século  XIII ao século XVIII.

Basílica de São Petrônio: A Basílica de São Petrônio, nomeada em homenagem ao santo padroeiro (oitavo bispo de Bolonha 431-450), é a mais imponente e importante igreja de Bolonha.

Palácio Comunal: abriga a prefeitura de Bolonha, com uma rica coleção de pinturas renascentistas, esculturas e mobiliário antigo. É um palácio do século 14.

As Duas Torres (Garisenda e Asinelli): são os principais símbolos de Bolonha. A Torre de Asinelli (construída entre 1109 e 1119) tem 97.20 metros de altura, com 498 degraus e uma inclinação de 1,3 metros. A Torre de Garisenda tem 47 metros de altura e tem uma inclinação de mais de 3 metros. Ambas foram construídas no século XII.

Fonte de Netuno: A Fonte de Netuno foi construída entre 1563 e 1566 pelo escultor Giambologna. É considerada um dos símbolos de Bolonha.

Quando visitar?

A melhor época para visitar é durante o outono ou primavera, quando o clima é quente e e agradável.

Informações úteis

  • Moeda: Euro
  • Idioma: Italiano
  • Fuso horário: +1 (UTC)
  • Visto: Brasileiros que desejam viajar para a Itália e permanecer no país por até 90 dias, não precisam apresentar um visto na hora do desembarque.
  • Clima: Bolonha tem um clima temperado úmido ou continental, característico das planícies, com verões muito quentes e invernos frios e úmidos.
  • Maiores informações: http://www.bolognawelcome.com/en/ (em inglês)

Bogotá, Colômbia

23 fev

Bogotá - Plaza Bolivar

Bogotá é a capital e a maior cidade da Colômbia. Localizada sobre uma extensa planície a 2600 metros sobre o nível do mar, é uma cidade de sete milhões de pessoas provenientes de todas as regiões da Colômbia, tão diversa como o país inteiro.

Pontos de interesse

Monserrate: Monte mais alto da cidade, com igreja, restaurantes, feirinha de objetos “artesanais” e comidas populares.

La Candelaria: região central da cidade, onde ficam os museus, o casario antigo e tudo mais que tem num centro de cidade.

Plaza Bolivar: formada por algumas das principais ruas de Bogotá, a Plaza Bolivar é cheia de edifícios históricos e muitos pombos.

Parque Metropolitano Simón Bolivar: é o parque mais importante da cidade, uma vez que é o maior em extensão com cerca de 400 hectares, constituindo-se no “pulmão da cidade”. Além disso, conta com a maior variedade e quantidade de facilidades e atrativos.

Museo del Oro: possui a maior coleção de artefatos de ouro da América Pré-Colombiana. Lá está tudo que os espanhóis não conseguiram pilhar no período da colonização.

Quando visitar?

As épocas mais secas são entre dezembro-março e junho-julho, e as mais chuvosas entre abril-maio e setembro-novembro. Para aproveitar melhor a viagem, prefira viajar durante os meses mais secos. De dia faz de tudo: frio na sombra, calor quando o sol aparece, chuva quase toda tarde. É bastante imprevisível.

Informações úteis

  • Moeda: Peso colombiano
  • Idioma: Espanhol
  • Fuso horário: -5 (UTC)
  • Visto: Para os brasileiros visitarem a Colômbia como turista não é necessário ter passaporte e visto. Basta apresentar o RG como documento válido.
  • Clima: A cidade possui clima de montanha devido a sua altitude (afetado principalmente pela nebulosidade), que oscila entre os 7 °C e os 19 °C, com uma temperatura média em torno de 14 °C.
  • Maiores informações: http://www.colombia.travel

 

Boa Vista, Brasil

22 fev

Boa Vista - Monte Roraima

Boa Vista é a capital do estado de Roraima. Concentrando aproximadamente dois terços dos roraimenses, situa-se na margem direita do rio Branco. É a única capital brasileira localizada totalmente ao norte da linha do Equador e possui a maior população indígena do país.

A cidade atrai tanto os apaixonados pelo turismo histórico quanto os que preferem o ecoturismo. Próxima à tríplice fronteira (Brasil, Venezuela e Guiana), uma cidade encravada na Amazônia oferece toda a cultura dos povos indígenas da região, sítios históricos e muito lazer.

Pontos de interesse

Praça das Águas: Diversos chafarizes e fontes de água proporcionam um charme a mais à cidade de Boa Vista. Um exemplo é a Praça das Águas, com sua beleza sedutora, trazendo tranqüilidade para todos os seus visitantes.

Monte Roraima: No seu cume, encontra-se o marco da tríplice fronteira Brasil/Venezuela/Guiana, assentado pelo importante membro da História Brasileira, Marechal Rondon. O Monte Roraima tem 2.875 metros de altitude e para chegar a ele, o turista enfrentará desafios como rios e rochas no início da escalada, ventos de até 100 km/h e variação de temperatura entre 5ºC e 35ºC. É um local inóspito, de natureza surpreendente. A flora da região é muito rica, com mais de 400 espécies de bromélias e duas mil samambaias. Na subida, você vai se encantar com os platôs, chamados Vale dos Cristais, onde ocorrem formações de pequenas esculturas pontiagudas de cristais. Em média, são seis dias para subir e descer o monte, um esforço que vale a pena.

Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo: A Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo foi construída em 1909 por padres beneditinos da Alemanha, em substituição à pequena capela levantada pelos missionários franciscanos em 1892

Orla Taumanan: espaço sobre o Rio Branco com lanchonetes, restaurantes, espaços para caminhada e descanso, todas as noites sucessos da MPB são tocados ao vivo gratuitamente. É bastante florida, ventilada e possui uma magnífica vista para o rio Branco.

Praia Grande: Localizada a 6 km de Boa Vista, à margem esquerda do rio Branco. É uma belíssima ilha de várzea, com 15km de extensão, separada da terra firme por um braço do Rio Branco denominado Panamá do Surrão.

Praia da Água Boa: Localizada a 15 km do centro da cidade, às margens do rio Cauamé. Suas águas são límpidas. Cercadas por vegetação típica da Amazônia estão as praias do Caçari, Curupira, Polar e Cauamé, todas dotadas de infra-estrutura de apoio e serviços de bares e restaurantes.

Quando visitar?

A melhor época para ir à Boa Vista é entre outubro e março, no período de estiagem.

Informações úteis

  • Moeda: Real
  • Idioma: Português
  • Fuso horário: -4 (UTC)
  • Clima: Boa Vista tem um clima tropical úmido. Ocorre apenas uma estação em dois períodos bem definidos: o verão seco e o verão chuvoso. O inverno, o outono e a primavera praticamente não são percebidos.
  • Maiores informações: http://www.boavista.rr.gov.br/conheca.php

Blumenau, Brasil

21 fev

Blumenau - Castelinho da Moellmann

Blumenau é um município brasileiro da Região Sul, localizado no estado de Santa Catarina. A cidade é conhecida em todo o Brasil como uma das cidades com maior influência germânica em sua cultura e história. Fundada em 1850 pelo filósofo alemão Hermann Bruno Otto Blumenau, a cidade guarda fortes características européias, encantando visitantes do Brasil e exterior por sua arquitetura, gastronomia, natureza, indústrias, chopp gelado e festas.

Pontos de interesse

Ponte Aldo Pereira de Andrade: Conhecida como a “Ponte de Ferro”, ela foi iniciada em 1929 e por muito tempo operou como parte da ferrovia Blumenau-Itajaí. Com o fim da ferrovia, foi restaurada e aberta à carros, passageiros e bicicletas em 1991. Atualmente liga o Centro ao bairro Ponta Aguda.

Prefeitura Municipal de Blumenau: Inaugurada em 2 de Setembro de 1982, a nova prefeitura foi construída toda em estilo enxaimel e é um dos mais belos marcos da cidade. Localizada na praça Victor Konder, onde também encontra-se a “Macuca”, maria-fumaça usada na ferrovia Blumenau-Itajaí.

Teatro Carlos Gomes: Inaugurado em 1939, é o teatro da cidade. O Teatro dispõe de 02 auditórios, um com capacidade para 822 pessoas e outro com capacidade para 226 pessoas, além de palco giratório, salas e salões de apoio. Localiza-se bem ao centro da cidade.

Praça Hercílio Luz: Uma das mais belas regiões da cidade, encontra-se no chamado Biergarten (jardim da cerveja em alemão). Nesta praça encontra-se o o monumento Voluntários da Pátria, que representa os soldados em luta na Guerra do Paraguai (1865/ 1870) e 2ª Guerra Mundial (1939/1945), o monumento em homenagem à fundação do município e aos primeiros dezessete imigrantes, além do Museu da Cerveja, da cervejaria Expresso e de uma magnífica vista da cidade na orla do Rio Itajaí-Açu. Na parte do antigo porto da cidade, onde é possível sentar-se à margem do rio, é comum aparecerem capivaras.

Vila Germânica: Conhecida como PROEB até sua expansão em 2005-2006, é a sede da Oktoberfest, a maior festa da cerveja no Brasil. No mês de Outubro, centenas de milhares de pessoas se divertem nos pavilhões da Vila Germânica, ao som de música alemã.

Castelinho da Moellmann: O prédio encontra-se na região mais central da cidade e é um ponto turístico muito visitado. O castelo da Moellmann traz o charme europeu para o centro da cidade. Com características de um prédio do século XV, ele é uma réplica da prefeitura de Michelstadt, na Alemanha.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Blumenau é durante o mês de outubro, pois é quando ocorre a Oktoberfest, que é considerada a maior festa do chopp do Brasil e a segunda maior do mundo, só perdendo para a original Oktoberfest de Munique.

Informações úteis

  • Moeda: Real
  • Idioma: Português
  • Fuso horário: -3 (UTC)
  • Clima: O clima de Blumenau é quente e chuvoso. Não há uma estação caracterizada como seca. A temperatura média varia de 12 a 23 graus no inverno e de 20 a 31 graus no verão. 
  • Maiores informações: http://www.blumenau.com.br/

Bled, Eslovênia

20 fev

Bled - Lago, ilha e castelo de Bled

Bled é uma cidade da Eslovênia, localizada no lado leste do lago Bled.

A cidade é um destino bastante popular, devido ao seu clima romântico. Com imensa beleza natural, Bled está entre as mais belas estâncias alpinas. A beleza das montanhas refletidas no lago, o sol, a serenidade e o ar fresco despertam sentimentos agradáveis nos visitantes durante todo o ano.

Pontos de interesse

Lago Bled: é um lago glacial no Alpes Julianos, situado a uma altitude de 475 metros. Possui 2120 metros de comprimento, 1380 de largura, tem uma área de 1,45 km² e seu ponto mais profundo é de 30 metros. A ilha no meio do lago é a única ilha natural num lago da Eslovênia.

Ilha de Bled: A ilha tem várias construções, sendo a principal delas a Igreja da Assunção, construída no século 15, onde casamentos são realizados regularmente.

Igreja da Assunção: A igreja barroca foi construída em 1698. Afrescos bem preservados retratam cenas da vida da Virgem Maria. Segundo a tradição local, um noivo que carregar sua noiva ao longo dos 99 degraus que separam o cais da igreja irá garantir um casamento feliz, e quem tocar o sino na igreja vai realizar um dos seus desejos.

Castelo de Bled: é um pitoresco castelo branco e vermelho, cercado por um muro com parapeitos, baluartes e torres. O terraço do castelo oferece excelente vista do lago Bled.

Cachoeira Iglica: essa cachoeira tem 18m de altura e é bastante popular para escalada. Basta subir as escadas para ter uma bela vista da região.

Quando visitar?

A melhor época para visitar Bled é de maio a setembro, quando o clima é mais agradável.

Informações úteis

  • Moeda: Euro
  • Idioma: Esloveno
  • Fuso horário: +1 (UTC)
  • Visto: Brasileiros estão isentos de visto à turismo/negócios para permanência máxima de 90 dias.
  • Clima: Bled tem um clima oceânico, com verões quentes e invernos frios.
  • Maiores informações: http://www.bled.si (em inglês)
%d blogueiros gostam disto: